PACC

Inicialmente denominado Programa de Avaliação e Certificação de Conventos, foi um projeto proposto pela Comissão de Organizações Filiadas e Paralelas (OFP) para avaliar os Conventos e autorizá-los a passar os graus do IRCB.

O programa não teve grande sucesso, tanto por parte dos conventos, que não faziam os trabalhos, como por uma questão estrutural: não era possível saber se todos os Cavaleiros participariam do trabalho ou se apenas um faria colocando o nome de todos, lembrando ainda que o impacto de cada grau atua de diferentes maneiras em cada pessoa.

Por estes motivos, principalmente, alterou-se o projeto para Programa de Avaliação e Certificação de Cavaleiros. O programa visa certificar os cavaleiros – sejam ativos ou seniores –, individualmente, em cada grau do IRCB, permitindo o aprovado a transmitir o grau (com exceção do Cavaleiro da Cadência, que só pode ser passado pelo Conselho Estadual de Cavalaria) e receber o próximo.

Assim, é certo que os cavaleiros terão um conhecimento satisfatório do grau que presenciaram, podendo instruir os próximos cavaleiros e interpretar mais facilmente o próximo grau que venham a receber.

A estrutura utilizada pelo PACC é a de Ensino à Distância, através da Plataforma Moodle. Então, o Cavaleiro se cadastra no site e se matricula no grau que pretende fazer o trabalho. No site constam instruções sobre a confecção dos trabalhos que, em suma, são feitos com uma análise do contexto do grau e de interpretações da lições passadas.

Para enviar o trabalho, é necessário o cadastro na plataforma: http://pacc.demolay.org.br/